Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Londres2012: Viúvas das vítimas de atentados de Munique apelam a protesto dos espetadores

Lusa

  • 333

Londres, 25 jul (Lusa) -- As viúvas de um atleta e de um treinador israelitas, assassinados nos Jogos Olímpicos de Munique, pediram hoje aos espetadores que estarão presente na cerimónia de abertura de Londres2012 para cumprirem um protesto silencioso.

Ankie Spitzer e Ilana Romano, que viram negada pelo Comité Olímpico Internacional (COI) a sua petição para a realização de um minuto de silêncio em memória das 11 vítimas do sequestro sangrento de Munique há 40 anos, apelaram hoje ao público para se erguer em silêncio, enquanto o presidente Jacques Rogge estiver a discursar.

"Eles não eram turistas acidentais. Foram para os Jogos com sonhos e voltaram a casa dentro de caixões", disse Spitzer, viúva de Andrei Spitzer, treinador da equipa israelita de esgrima.