Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Londres2012: Tiro - João Costa admite experiência, sem vedetismo, mas evita falar em resultados

Lusa

  • 333

Londres, 26 jul (Lusa) -- O atirador João Costa recusa vedetismo, brinca com a "velhice" e admite a experiência acumulada nas anteriores três participações olímpicas, que lhe conferem "estatuto", mas prefere não falar em resultados no torneio de tiro dos Jogos Olímpicos Londres2012.

"A velhice é sempre um estatuto", brinca o mais velho dos 77 atletas portugueses presentes na capital inglesa, de 47 anos, assumindo que está disposto a dar conselhos aos mais novos, se lhe pedirem, porque "terá alguma coisa para lhes dizer".

A experiência acaba por vir ao de cima quando interrogado sobre os resultados que espera em Londres2012: "A experiência diz-me que poderei fazer um resultado. Qual? Não sei. Chegar à final? Digamos que participar nuns Jogos Olímpicos é muito bom. Tendo em conta que vieram cá os 25 melhores do mundo já é uma alegria. Depois logo se verá o que vai sair dali".