Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Londres2012: Federação pagou estágio de Joana Ramos na China, mas a judoca optou pelo Japão - FPJ

Lusa

  • 333

Odivelas, 06 jun (Lusa) -- O presidente da Federação Portuguesa de Judo (FPJ), Carlos Andrade, disse hoje que estágio pré-olímpico de Joana Ramos no Japão foi uma opção pessoal e que os custos da preparação na China já estavam pagos.

"Tivemos tudo preparado, e até com custos, para ela ir para a China, foi por vontade própria que não foi. E quando pede para ir para o Japão, comunicamos-lhe que, à custa da Federação, essa ida não era possível, mas porque tínhamos gasto a verba não para o Japão, mas para a China", revelou o presidente da FPJ.

Joana Ramos, qualificada para Londres2012 juntamente com João Pina, Telma Monteiro e Yahima Ramirez, criticou na terça-feira a Federação, referindo, em declarações ao sítio do Sporting, não ter qualquer apoio da instituição.