Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lisboa: Rio Tejo tem cada vez mais pescadores e peixe de maior dimensão

Lusa

  • 333

Lisboa, 01 set (Lusa) -- Alexandre Alves começou a pescar no estuário do Tejo há cerca de 30 anos quando o seu pai reconstruiu uma baleeira do navio Santa Maria na zona de Cabo Ruivo, em Lisboa. Hoje os tempos são outros e nota mais pescadores e também mais peixe.

O peixe está maior, exemplo disso são as douradas, e há mais quantidade de xarrocos e de corvinas.

O pescador nos tempos livres testemunha que, de um ponto de vista "meramente intuitivo", há também menos poluição no Tejo. Na zona do Oceanário, Alexandre Alves afirma que desapareceram o cheiro a combustível e o sebo que ficava nos cabos das embarcações.