Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lisboa: Associação de Lojistas do Picoas Plaza acusa administração de instigar violência

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) -- O presidente da Associação de Lojistas do Centro Comercial Picoas Plaza, em Lisboa, acusou hoje a administração daquele espaço de instigar atos de violência contra membros da associação e o músico contratado para ali dar um concerto.

"Num espetáculo de música ao vivo que decorreu na passada sexta-feira, (...) quer a organização da Associação de Lojistas e Amigos do Picoas Plaza (Alapp), quer o próprio músico e vários convidados foram alvo de tentativas de agressão, ameaças graves, empurrões e mesmo pontapés de vigilantes do centro, conhecidos como Esteves e Silva", indica o presidente da associação, Tiago Quelhas, em nota hoje enviada à agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, "o aparato contou com a presença e a instigação da própria administração e direção do centro, entre outros elementos que os acompanhavam, também num registo provocatório e ameaçador", e a PSP foi chamada a intervir.