Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Liga lamenta atitude do Governo e acusa FPF de violar estatutos da FIFA

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 mar (Lusa) -- A Liga lamentou hoje que o Governo, um "intransigente defensor da não ingerência no movimento associativo", tenha incluído um diferendo existente entre o organismo e a Federação Portuguesa de Futebol na próxima reunião do Conselho Nacional de Desporto.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) também acusa a Federação (FPF) de "imprudência e ligeireza", ao ter submetido a um órgão governamental a apreciação do litígio pendente entre "dois entes privados", violando assim o "compromisso arbitral constante estatutos da FIFA".

"O assunto em questão diz respeito a uma divergência de entendimentos entre essas duas associações sobre receitas que a FPF se arroga e que a Liga entende serem da sua plena e exclusiva titularidade - uma matéria inequivocamente do foro e da autonomia privada. Sob pena de incoerência e arbítrio, a propalada autonomia das instâncias associativas invocada para justificar as decisões de não ingerência do Estado, tem que funcionar em todos os sentidos", lê-se no comunicado.