Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Liga de clubes recusa pagar controlos antidoping "de consulados anteriores"

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 fev (Lusa) -- O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Mário Figueiredo, afirmou hoje que o organismo não tenciona pagar as verbas reclamadas pelo Instituto Português da Juventude e do Desporto (IDPJ) relativamente a controlos antidoping.

"A alegada dívida de que estamos a falar é de consulados anteriores", disse Mário Figueiredo à agência Lusa, acrescentando que existe o entendimento de que as verbas não devem ser pagas.

"Há o entendimento de que entre 2005 e 2009 foram indevidamente cobrados à Liga custos indevidos superiores a 190.000 euros", disse, afirmando "a esse valor acresce uma verba de mais de 48.0000 euros devidos pela Movijovem".