Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder do PS/Lisboa contesta criação de um novo banco de fomento e aponta caso BPN

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 nov (Lusa) - O deputado socialista Marcos Perestrello contestou hoje a intenção do Governo de criar um banco de fomento, contrapondo que essa missão de concessão de crédito a empresas deve pertencer ao universo Caixa Geral de Depósitos (CGD).

A posição do líder da Federação Área Urbana de Lisboa (FAUL) do PS foi transmitida à agência Lusa, depois de vários membros do Governo (em especial o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira), do PSD e o secretário-geral do PS, António José Seguro, terem já defendido a criação de um banco público de fomento em Portugal.

Também a chanceler germânica, Ângela Merkel, durante a sua recente visita a Lisboa, disse que o executivo de Berlim está disponível para ajudar Portugal "na criação de um banco de fomento através do KfW [banco alemão de fomento]".