Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder do PCP lembra exemplo de Cunhal quando Governo segue modelos de Salazar

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 nov (Lusa) -- O secretário-geral do PCP afirmou hoje que o exemplo e o pensamento de Álvaro Cunhal "ecoa com redobrada atualidade" perante um Governo que segue o mesmo modelo económico de "salários de miséria" e "emigração" de Salazar e Caetano.

"Na atual situação do país, com as consequências de anos de política de direita e da sua ofensiva, do recente pacto de agressão de austeridade e saque nacional, assinado por PS, PSD e CDS com a 'troika' estrangeira, e do processo de integração europeia, a contribuição de Álvaro Cunhal ecoa com redobrada atualidade", afirmou Jerónimo de Sousa, no dia em que o líder histórico do PCP faria 99 anos, numa sessão em Lisboa em que o partido apresentou as comemorações do centenário.

Jerónimo de Sousa lembrou o percurso de vida, político e artístico de Cunhal para sublinhar que denunciou e combateu durante "a velha ideia da natural pobreza do país proclamada pela ditadura fascista" e a "mistificação das classes dirigentes para encobrir a política de rapina e exploração do povo a favor dos grandes grupos monopolistas", concluindo que "está hoje de regresso" com a "apologia do empobrecimento" como forma de superar a crise "assente na ideia de que os portugueses vivem acima das suas possibilidades".