Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder do Equador diz que vice-presidente dos EUA lhe pediu para negar asilo a Snowden

Lusa

  • 333

Aromo, Equador, 30 jun (Lusa) -- O Presidente do Equador, Rafael Correa, afirmou, este sábado, que o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu a Quito para recusar o pedido de asilo do ex-colaborador da Agência Central de Inteligência norte-americana Edward Snowden, acusado de espionagem.

Rafael Correa indicou ter mantido uma conversa "amigável e cordial" com Joe Biden durante a qual lhe deu garantia de que consultará Washington no âmbito deste caso ainda que, no final, caiba sempre ao Equador decidir se aceita ou não acolher o jovem informático que revelou os programas secretos de vigilância em massa de comunicações dos Estados Unidos.

"No momento em que ele chegar, se de facto chegar, e se tivermos de tramitar esse pedido, a primeira coisa que vamos fazer é pedir a opinião dos Estados Unidos, tal como fizemos no caso de Assange com a Inglaterra", afirmou Correa, no semanal discurso à nação, apontando que explicou a Joe Biden que Quito não pode processar o pedido de asilo enquanto Snowden não se encontrar em solo equatoriano.