Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder do CDS-M diz que "jardinismo acabou"

Lusa

  • 333

Funchal, 03 nov (Lusa) - O líder do CDS/PP-Madeira, José Manuel Rodrigues, afirmou hoje que o "jardinismo acabou" na sexta-feira, com o resultado das eleições diretas no PSD-M, no qual Alberto João Jardim venceu apenas com metade dos votos dos militantes.

"Não gosto da expressão, mas acho que o jardinismo acabou ontem [sexta-feira]. O regime laranja acabou ontem e compete-nos a nós (CDS-M) criar os alicerces de uma nova Madeira", declarou José Manuel Rodrigues na abertura das jornadas parlamentares dos populares madeirenses que decorrem em Machico.

O dirigente democrata cristão insular argumentou que existem "vitórias que desonram e derrotas que honram as pessoas que as têm", sublinhando que as internas do PSD-M revelam "um dado que é absolutamente certo: o presidente do Governo Regional, que já só tinha a confiança de metade dos madeirenses nas eleições, desde ontem só tem metade dos votos dos militantes do seu próprio partido".