Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder do banco central alemão diz que a crise do euro ainda não acabou

Lusa

  • 333

Frankfurt, 29 dez (Lusa) - O presidente do Bundesbank, Jens Weidmann, disse hoje numa entrevista a um jornal alemão que a crise da moeda única europeia ainda não terminou e que as suas causas ainda não foram resolvidas.

Segundo a agência de informação financeira Bloomberg, Weidmann defendeu que as compras de obrigações dos governos da Zona Euro pelo Banco Central Europeu (BCE) limitam os riscos sobre a estabilidade da região.

Na entrevista concedida ao Frankfurter Allegemeine Sonntagszeitung, o responsável do banco central alemão considerou que os riscos de solvência dos países da Zona Euro não devem ser mutualizados e mostrou-se confiante na capacidade de a Espanha pagar as suas dívidas e reformar a sua economia.