Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder da UGT vai hoje debater com o FMI o "caso das compensações por despedimentos"

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 fev (Lusa) - A problemática do "crescimento e do emprego" e "alguns problemas" relativos às negociações coletivas, "como o caso das compensações por despedimento", estarão no topo da análise que o líder da UGT fará em Washington sobre o programa do FMI em Portugal.

João Proença participará na reunião anual de alto nível entre a Confederação Sindical Internacional (Internacional Trade Union Confederation - ITUC), o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial na sede do FMI em Washington, entre hoje e quinta-feira, que este ano irá discutir os programas de intervenção financeira em Portugal, Irlanda e Roménia.

A análise do caso português abrirá os trabalhos e o líder da UGT intervirá nesse âmbito, esclareceu João Proença à Agência Lusa.