Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líder da oposição do Camboja regressa do exílio quatro anos depois

Lusa

  • 333

Banguecoque, 19 jul (Lusa) - A principal figura da oposição do Camboja, Sam Rainsy, regressou hoje ao país, após ter passado os últimos quatro anos no exílio para evitar uma pena de dois anos de prisão a que foi condenado, informou a televisão estatal.

Cerca de 40 mil pessoas, de acordo com fontes do Partido Nacional para o Resgate do Camboja, receberam o político no aeroporto e nas ruas de Phnom Penh, depois da aterragem do avião que o transportava desde Paris, onde viveu estes últimos anos.

Sam Rainsy terá regressado do exílio para ajudar o seu partido a pôr um ponto final no 'reinado' do atual primeiro-ministro, há quase três décadas no poder, nas eleições que se avizinham.