Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líbia: Amnistia Internacional denuncia violações dos direitos humanos

Lusa

  • 333

Tripoli, 24 set (Lusa) - A Amnistia Internacional denunciou hoje violações dos direitos humanos flagrantes na Líbia, incluindo raptos, torturas e execuções e pediu "medidas imediatas" contra estes atos que lembram a era de Muammar Kadhafi.

"Todos os dias recebemos apelos desesperados de vítimas em toda a Líbia, pedindo a nossa intervenção e proteção", afirmou em comunicado Hassiba Hadj Sahraoui, diretora-adjunta da Amnistia para o Médio Oriente e Norte de África.

"Há indivíduos que são levados por milícias armadas, torturados, por vezes até à morte (...), mortos ou feridos em confrontos armados. Essas práticas deviam ter desaparecido com o fim da era Kadhafi (antigo líder líbio), mas prosseguem num clima de impunidade", acrescentou.