Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Leilão de eletricidade "reduziu fatura da eletricidade" para consumidores - DECO

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) - A Deco afirmou hoje que o leilão de eletricidade recentemente lançado "alcançou o seu objetivo", nomeadamente por "reduzir a fatura da eletricidade e conseguir contratos mais justos" para os consumidores.

Em análise hoje divulgada, a associação de defesa dos consumidores lembra que, em maio, a poupança máxima na tarifa simples face à tarifa regulada para um consumidor que passasse para o mercado livre era de 8 euros, para uma potência de 3,45 kVA (consumo anual de 1700 kWh), e de 9 euros, para uma potência de 6,9 kVA e consumo de 2700 kWh.

"No leilão de eletricidade, a tarifa vencedora, da Endesa, veio apresentar uma redução maior. Nas semanas que se seguiram, todos os fornecedores que não acompanharam a oferta vencedora da Endesa apresentaram aos consumidores novos tarifários. Contas feitas a 30 de maio, a poupança, para as potências mais comuns, aumentou para 18 euros e 32 euros, consoante se contrate 3,45 ou 6,9 kVA de potência, respetivamente", aponta a Deco.