Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Legislação só introduziu dispensa de policiamento nos iniciados e juvenis - MAI

Lusa

  • 333

Espinho, 24 fev (Lusa) - O ministro da Administração Interna garantiu hoje que as recentes alterações à legislação sobre segurança em competições desportivas não introduziram a dispensa de policiamento em provas profissionais, aplicando-se essa facilidade apenas às provas de iniciados e juvenis.

À margem da assinatura do protocolo para Agrupamento dos Bombeiros Voluntários da Cidade de Espinho, Miguel Macedo aproveitou a referência aos incidentes que hoje interromperam o jogo entre as equipas B do Vitória de Guimarães e do Sporting Braga para esclarecer que o policiamento é responsabilidade dos clubes.

"Alguns comentários que têm vindo a lume sobre essa matéria imputam à nova legislação de policiamento desportivo a responsabilidade de não haver polícia em alguns jogos, sobretudo de futebol", disse o ministro, frisando: "Quem organiza o jogo é responsável pela segurança e sempre foi assim. Pode requisitar ou não o policiamento, e sempre foi assim".