Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

LE/Final: O primeiro Benfica de Eriksson encantou até à final, em 1983

Lusa

  • 333

Redação, 10 mai (Lusa) -- Quinze anos após a quinta Taça dos Campeões, o Benfica chegou à final da Taça UEFA na primeira época sob o comando do jovem treinador sueco Sven-Goran Eriksson, mas não conseguiu superar o Anderlecht, em 1982/83.

Numa temporada notável, a nível interno e na Europa, os "encarnados" só perderam dois jogos, ambos por 1-0, com o Sporting, para o campeonato, em Alvalade, por culpa de um penálti de Jordão, e com o Anderlecht, na primeira mão da final.

Em Bruxelas, um golo do avançado dinamarquês Kenneth Brylle, aos 30 minutos, foi o princípio do fim dos "encarnados", que não conseguiram marcar no Heysel e viriam a pagar isso muito caro no encontro da segunda mão.