Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

LE/Final: Dezassete campeões para a história

Lusa

  • 333

Redação, 11 mai (Lusa) -- Entre 1906/07 e atualidade, passaram pelo Benfica centenas de futebolistas, mas só 17, todos portugueses, ficaram "imortalizados" como campeões europeus, os que integraram as campanhas vencedoras de 1960/61 e 61/62, sob o comando do húngaro Bela Guttmann.

Doze dos 17 são bicampeões da Europa, enquanto cinco apenas participaram nos jogos de uma das temporadas, entre eles o "rei" Eusébio da Silva Ferreira, o maior símbolo da história do clube "encarnado".

Eusébio chegou ao Benfica em 1960/61, com 18 anos, mas nessa temporada só cumpriu dois jogos, um para a Taça de Portugal, em Setúbal (1-4), no dia após a final de Berna, face ao FC Barcelona (3-2), e outro a fechar o campeonato (4-0 no Restelo). Marcou em ambos.