Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lance Armstrong teve quatro análises positivas no Tour de 1999

Lusa

  • 333

Redação, 16 abr (Lusa) -- O norte-americano Lance Armstrong teve quatro controlos antidoping positivos na Volta a França de 1999, e não apenas um, como se julgava, revela hoje o jornal belga Het Nieuwsblad, citando um memorando da União Ciclista Internacional (UCI).

Desapossado dos seus sete triunfos no Tour por recurso sistemático ao doping, já publicamente assumido, o ex-ciclista teve quatro análises que acusaram a presença de corticosteroides positivas, nos dias 4, 14, 15 e 21 de julho.

No ano em que venceu a Volta a França pela primeira vez, Armstrong apresentou uma justificação médica para a utilização de uma pomada com corticosteroides para reduzir os efeitos do muito tempo sentado no selim. No entanto, quando confessou o recurso ao doping, o texano admitiu que a respetiva justificação, com a conivência do médico espanhol Luis Garcia Del Moral, era falsa.