Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lajes: Vasco Cordeiro exige cautela com trabalhadores e admite que relações com os EUA vão mudar

Lusa

  • 333

Horta, 15 jan (Lusa) - O presidente do Governo dos Açores exigiu hoje que a administração norte-americana acautele o futuro dos trabalhadores açorianos na Base das Lajes e admitiu que as relações com os Estados Unidos vão mudar, dependendo da forma como o processo terminar.

"Essa relação diplomática não pode, de forma nenhuma, ser a mesma do que é atualmente. É esta a posição do Governo dos Açores", alertou Vasco Cordeiro, acrescentando que os Estados Unidos e a região continuarão a ser "amigos", mas a relação "não será certamente a mesma coisa do que foi até aqui".

Falando na Assembleia Legislativa dos Açores, na cidade da Horta, no Faial, durante uma interpelação provocada pelo PPM sobre o futuro da base aérea norte-americana na ilha Terceira, Vasco Cordeiro insistiu na necessidade de a administração de Barack Obama encontrar formas de "minimizar o impacto negativo" da redução do seu contingente militar nos Açores.