Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lajes: Redução da presença dos EUA é dificuldade mas não desqualifica relação estratégica - Aguiar Branco

Lusa

  • 333

Lisboa, 4 dez (Lusa) - O ministro da Defesa Nacional reconheceu hoje que a diminuição da presença norte-americana na Base das Lajes é "uma dificuldade" para o país, mas salientou que a redução não significa uma "desqualificação" da relação com os EUA.

"É uma dificuldade, claro. Quando há um país que tem diminuição da sua lógica orçamental, os Estados Unidos, de 500 mil milhões de dólares, quando tem uma estratégia diferente da sua própria presença, que em vez de estar mais na Europa, está virada para a Ásia, é evidente que isto acrescenta uma dificuldade a Portugal, a Alemanha, Itália , Espanha, etc.", afirmou José Pedro Aguiar-Branco.

O ministro da Defesa Nacional considerou que isso é "uma evidência" e destacou que o "importante" é perceber que "não há uma animosidade especial, uma focalização especial em relação a Portugal que signifique uma desqualificação, do ponto de vista estratégico, da relação entre Portugal e os Estados Unidos".