Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Laboratório de Lausana nega ter ajudado Armstrong a contornar controlos antidoping

Lusa

  • 333

Lausana, Suíça, 11 jan (Lusa) -- O diretor do laboratório antidopagem de Lausana refutou hoje as alegações de que teria dado "as chaves" para contornar os testes de despistagem de EPO a Lance Armstrong, irradiado do desporto pela União Ciclista Internacional (UCI).

"Dei as chaves para contornar os testes de EPO? A resposta é clara: não", garantiu Martial Saugy numa conferência de imprensa em Lausana, Suíça.

O diretor do laboratório suíço respondeu assim às acusações do presidente da Agência Antidopagem dos Estados Unidos, Travis Tygart, que no programa "60 minutos", emitido na quarta-feira, relatou um episódio em que Saugy alegadamente teria confirmado a existência de um resultado suspeito nos testes a Lance Armstrong na Volta a Suíça de 2001.