Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça: Suspeito de ter matado dono do bar "O Avião" colocado em liberdade pelo tribunal antes da sentença judicial

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 jun (Lusa) -- O suspeito da morte do proprietário do bar de striptease "O Avião", em Lisboa, foi colocado hoje em liberdade pelo tribunal e fica a aguardar pela leitura da nova sentença em liberdade.

A decisão do coletivo de juízes surge na sequência da anulação, em setembro do ano passado, do acórdão por parte do Tribunal da Relação que considerou que a primeira condenação tinha sido mal fundamentada.

Em março, desse ano, o arguido Jorge Chaves, de 36 anos, havia sido condenado a 22 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado do empresário José Gonçalves.