Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça: Líder do grupo que sequestrou e torturou escocês no Algarve condenado a 25 anos de prisão

Lusa

  • 333

Faro, 13 jul (Lusa) -- O líder do grupo, Steven Johnson, que sequestrou e torturou um cidadão escocês no Algarve foi hoje condenado a 25 anos de prisão pelo Tribunal de Loulé, a pena mais pesada das aplicadas aos cinco arguidos britânicos.

O tribunal decidiu ainda aplicar uma pena de 15 anos de prisão a Callum McLeod, de oito a Terence McGurck e William Quinn e de dois anos e seis meses a Ronnielee Rose, acusados de envolvimento no sequestro e tortura de James Ross, no Algarve, em 2010.

A pena única de 25 anos aplicada ao britânico Steven Johnson é o resultado do cúmulo jurídico por homicídio qualificado na forma tentada (11 anos), sequestro agravado (9 anos), ofensa à integridade física qualificada (11 anos) e tráfico de droga agravado (10 anos).