Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça: Homicida do filho do ex-futebolista "Nelinho" condenado a 12 anos de prisão

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 jun (Lusa) - O Tribunal Criminal de Lisboa condenou hoje, após repetição do julgamento, Gonçalo Cardoso a 12 anos de prisão efetiva pelo homicídio a tiro de Nélio Marques, filho do ex-futebolista do Benfica "Nelinho", ocorrido em Março de 2005.

O coletivo de juízes decidiu manter na íntegra o acórdão condenatório (12 anos de prisão) do primeiro julgamento, depois de ouvir os peritos médicos que assistiram a vítima que foi baleada com vários tiros na zona do tórax.

O julgamento foi mandado repetir pelo Tribunal da Relação de Lisboa após um recurso da defesa do arguido, a cargo do advogado João Nabais, que considerou fundamental determinar se a morte se ficou a dever aos disparos ou a um incidente no bloco operatório.