Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça: Fiscalização da mediação privada vai ser apertada - Paula Teixeira da Cruz

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jul (Lusa) -- A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, garantiu hoje que o Governo vai apertar as regras de fiscalização no âmbito da mediação privada e clarificar os critérios de seleção e de recrutamento.

"Há demasiada mediação privada sem regras, ou seja, demasiada mediação privada que não obedece a critérios claros de seleção, de recrutamento, muitas vezes ligadas à formação profissional sem sentido e é nossa intenção apertar essas regras", afirmou a ministra aos jornalistas à margem da apresentação pública do Centro de Arbitragem e Mediação, na sede da Associação Industrial Portuguesa (AIP), em Lisboa.

A grande mais valia desta Centro é, segundo Paula Teixeira da Cruz, a de ser "um Centro que congrega um tecido empresarial, um tecido industrial, e tem todas as condições para funcionar de Norte a Sul do país diminuindo a conflitualidade e ao abrigo de um conjunto de legislação que foi aprovada e que pode permitir transformá-lo num centro internacional no âmbito da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP)".