Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça espanhola decide libertar etarra Ines Del Rio

Lusa

  • 333

Madrid, 22 out (Lusa) -- A justiça espanhola decidiu hoje libertar a militante do movimento separatista basco ETA Ines Del Rio, condenada a 3.828 anos de prisão por vários atentados, após uma decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos que ordenou a libertação.

A decisão divulgada na segunda-feira pela justiça europeia deverá obrigar a Espanha a libertar 54 militantes do grupo armado basco, cuja detenção foi prolongada com base na designada "doutrina Parot", uma polémica jurisprudência que entrou em vigor em 2006.

Os 17 juízes do tribunal da Audiência Nacional em Madrid seguiram hoje o pedido da Procuradoria espanhola que considerou que "a resolução de Estrasburgo é clara na medida a tomar para restabelecer os direitos" da militante e pede "que seja garantida a libertação de Ines Del Rio o mais rapidamente possível".