Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça brasileira manda prender 10 polícias por desaparecimento de detido

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, 05 out (Lusa) -- A justiça brasileira decretou hoje a prisão preventiva dos 10 polícias envolvidos no desaparecimento de Amarildo Souza, de quem não houve mais notícias desde que foi detido a 14 de julho numa favela do Rio de Janeiro.

O tribunal aceitou a acusação do Ministério Público e ordenou a prisão dos agentes suspeitos de terem torturado, morto e ocultado o cadáver do homem que tinha emprego em obras.

Amarildo Souza desapareceu depois de ter sido levado pelos polícias a uma unidade de pacificação da favela da Rocinha, uma das mais povoada na zona sul do Rio de Janeiro.