Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça: Avião da TAAG retido no aeroporto do Porto por penhora contra o Estado angolano

Lusa

  • 333

Porto, 19 set (Lusa) - Um avião da TAAG estava hoje à noite retido no aeroporto do Porto, devido a um processo judicial com mais de 16 anos, disse à Lusa o ex-empresário Manuel Lapas Correia, que interpôs uma ação contra o Estado angolano.

O porta-voz da ANA -- Aeroportos de Portugal, Rui Oliveira, confirmou à Lusa que o avião das Linhas Aéreas de Angola -- TAAG, um Boeing 777, estava retido, mas afirmou que não podia adiantar os motivos, por não dispor de informação sobre isso.

Segundo fonte do Aeroporto Sá Carneiro, o avião utilizado no voo DT656 da TAAG, referido pelos representantes legais de Manuel Lapas Correia como sendo o aparelho a apreender, permanecia retido na pista cerca das 21:00, quando devia ter partido às 20:05 para Lisboa, de onde estava previsto seguir para Luanda.