Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Justiça: Antigos examinadores da DGV condenados por corrupção passiva

Lusa

  • 333

Coimbra, 30 Set (Lusa) - O Tribunal de Coimbra condenou hoje dois antigos examinadores da Direcção-Geral de Viação a dois anos de prisão com pena suspensa por crime de corrupção passiva, alegadamente por facilitarem nos exames para obtenção da carta de condução.

Coimbra, 30 Set (Lusa) - O Tribunal de Coimbra condenou hoje dois antigos examinadores da Direcção-Geral de Viação a dois anos de prisão com pena suspensa por crime de corrupção passiva, alegadamente por facilitarem nos exames para obtenção da carta de condução.

O tribunal considerou provado que os dois antigos funcionários cometeram o crime de corrupção passiva para acto ilícito e de forma continuada. No entanto, atendendo à gravidade dos actos, o tempo da sua prática e à situação familiar dos arguidos, o juiz entendeu suspender a pena de prisão por dois anos.

Na análise das provas deduzidas em audiência, o magistrado considerou que os dois arguidos favoreceram alguns candidatos à obtenção da carta de condução, independentemente do desempenho nos exames. O caso remonta a 2002.