Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Julieta desceu os Clérigos até ao Romeu para "renovar amor da Torre com a cidade" do Porto

Lusa

  • 333

Porto, 14 fev (Lusa) - Em véspera de comemorações dos 250 anos da Torre dos Clérigos, a Irmandade responsável pelo ex-líbris do Porto quis aproveitar o Dia dos Namorados para "dar um choque à cidade, para retomar a relação de amor" com o monumento.

Para o padre Américo Aguiar, presidente da Irmandade dos Clérigos, o "choque" pôde proporcionar-se com um bailado de uma Julieta que desceu em "rappel" os 75 metros da torre para trocar carícias com um Romeu improvisado, uma iniciativa que se repete ao longo da tarde deste Dia dos Namorados.

As dezenas de pessoas que ficaram de olhos postos na exibição de romantismo nas alturas puderam ainda desfrutar de chocolates e mensagens de amor com a inscrição "Por ti subi à Torre", numa iniciativa que pretendeu ainda chamar a atenção para o restauro do monumento.