Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Julian Assange acusa a Austrália de abandono

Lusa

  • 333

Sidney, 22 jun (Lusa) -- O fundador do WikiLeaks Julian Assange afirmou hoje que se refugiou na embaixada do Equador em Londres para "chamar à atenção" do complô dos EUA de que alega ser vítima e porque considera ter sido abandonado pela Austrália.

"Esperamos que o que estou a fazer chame à atenção para as questões subjacentes", declarou Assange à rádio australiana ABC a partir da embaixada do Equador em Londres, onde se refugiou na terça-feira para evitar a extradição para a Suécia, no âmbito de um caso de alegada violação e agressão sexual.

Assange considera ser vítima de um complô dos EUA pela divulgação no WikiLeaks em 2010 de milhares de documentos diplomáticos norte-americanos confidenciais.