Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Julgamento de Vale e Azevedo prossegue hoje com audição de duas testemunhas

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 out (Lusa) - O julgamento de Vale e Azevedo, acusado de apropriação indevida de mais de quatro milhões de euros do Benfica, prossegue hoje com a segunda sessão, preenchida com a audição de duas testemunhas arroladas pelo Ministério Público (MP).

A audiência está programada para as 13:30, na 3.ª Vara do Tribunal Criminal de Lisboa, no Campus da Justiça, estando convocados para inquirição António Leitão, diretor financeiro do Benfica no período em que Vale e Azevedo foi presidente do clube, e o contabilista Rafael Rovisco.

Na primeira sessão, realizada a 26 de setembro, sem a presença da advogada de Vale e Azevedo devido a doença, o antigo presidente do Benfica, que ocupou o cargo de 03 de novembro de 1997 a 31 de outubro de 2000, requereu o adiamento do julgamento por um período "de dois meses".