Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Juiz impõe fiança civil de 8,1 ME a genro do rei espanhol e ao seu sócio

Lusa

  • 333

Palma de Maiorca, Espanha, 30 jan (Lusa) -- Um juiz de instrução fixou hoje uma fiança civil de 8,1 milhões de euros ao genro do rei espanhol, Iñaki Urdangarin, e ao seu sócio, por possíveis responsabilidades pecuniárias que ambos possam ter no processo em que estão envolvidos.

A decisão foi tomada por José Castro, juiz de instrução do caso que investiga o alegado desvio de milhões de euros de fundos públicos através do Instituto Nóos, processo em que, além de Urdangarian, é acusado o seu sócio Diego Torres.

Torres tem vindo a afirmar, perante a justiça, ter documentos que, alega, provam o envolvimento da mulher de Urdangarin, a infanta Elena, filha de Juan Carlos.