Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Juiz confirma concurso de credores de imobiliária Reyal Urbis com um défice de 1.724 ME

Lusa

  • 333

Madrid, 4 mar (Lusa) -- Um tribunal mercantil de Madrid confirmou hoje o segundo maior concurso voluntário de credores de Espanha, da imobiliária Reayl Urbis, que declara um défice patrimonial de 1.724 milhões de euros.

Segundo explica a empresa à Comissão Nacional de Mercado de Valores (CNMV), o juiz Javier Vaquer acordou que o devedor conserve as funções de administração e disposição sobre o seu património, ainda que este fique submetido à intervenção da administração concursal.

Em causa está um passivo de 4.345,4 milhões de euros e um ativo de 2.621,3 milhões de euros, segundo os dados do concurso de credores.