Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

JPMorgan e Santander Totta processam empresas públicas portuguesas devido aos 'swap'

Lusa

  • 333

Londres, 15 mai (Lusa) - Os bancos JPMorgan Chase&Co. e o Santander Totta processaram os metropolitanos de Lisboa e Porto e outras empresas públicas para fazerem valer os seus direitos relativamente aos contratos de 'swap' assinados com as companhias estatais, avançou a Bloomberg.

Os contratos de alto risco feitos entre o JP Morgan e os metropolitanos de Lisboa, do Porto e a empresa pública que gere as reservas estratégicas de petróleo (EGREP) valem, pelo menos, 455 milhões de euros, adianta a agência noticiosa financeira.

Segundo a Bloomberg, as ações judiciais do banco nova-iorquino deram entrada nos tribunais londrinos a 26 de abril, o mesmo dia em que o Governo português anunciou também que iria processar o Santander Totta e o JP Morgan, com os quais não conseguiu chegar a acordo sobre os 'swaps' de caráter especulativo que envolvem perdas potenciais totais de 3 mil milhões de euros.