Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovens acusados de homicídio a árbitro auxiliar na Holanda com detenção provisória prolongada

Lusa

  • 333

Lelystad, Holanda, 06 dez (Lusa) - Os três jovens acusados de espancar mortalmente um árbitro auxiliar de um encontro de futebol amador em Almere (Holanda) viram hoje a sua detenção provisória prolongada em duas semanas, informou fonte judicial.

"Dois jovens de 15 anos e um de 16 anos, suspeitos de estarem envolvidos na morte de um árbitro auxiliar de 41 anos, do clube de futebol Buitenboys de Almere, permanecerão detidos provisoriamente mais duas semanas", informou o tribunal de Lelystad através de um comunicado.

O juiz considerou necessário prolongar a detenção dos acusados, enquanto aguardam julgamento por homícidio e brutalidade e violência num lugar público, sendo certo que a pena máxima que pode ser atribuída aos jovens de 15 anos é de um ano de detenção numa prisão juvenil.