Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovem que abraçou Cristiano Ronaldo em jogo nos EUA vai a julgamento segunda-feira

Lusa

  • 333

Miami, Estados Unidos, 05 out (Lusa) -- O adepto Ronald Gjoka, o jovem que saltou em agosto a vedação do Sun Life Stadium, em Miami, para abraçar Cristiano Ronaldo, pediu sexta-feira perdão aos proprietários do campo e garantiu que não voltará a fazer a mesma coisa.

"Peço desculpa aos donos do Sun Life Stadium e a Cristiano Ronaldo. Nunca mais volta a acontecer", disse Ronald Gjoka numa entrevista à agência Efe.

O jovem, de 20 anos, de nacionalidade albanesa e canadiana, será julgado segunda-feira em Miami sob a acusação de "roubo" por saltar para o relvado interrompendo o jogo que opunha o Real Madrid e o Chelsea para abraçar Ronaldo.