Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jovem de 16 anos julgado por três juízes por roubar pizzas

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 nov (Lusa) - Um estudante de 16 anos vai responder perante um coletivo de juízes das Varas Criminais de Lisboa, por, alegadamente, ter roubado pizzas quando o funcionário lhe foi entregar a encomenda realizada online, no valor de 31.50 euros.

"Esta situação é ridícula. Além de o arguido não ter antecedentes criminais, não houve recurso à violência nem o uso de nenhum tipo de arma. Em tempos de contenção de custos na justiça, para julgar um jovem de 16 anos que, alegadamente, se apoderou de umas pizzas serão necessários, pelo menos, três juízes, um procurador, um advogado e um oficial de justiça", lamentou, à agência Lusa, Vítor Parente Ribeiro, advogado de defesa.

O arguido está acusado pelo Ministério Público (MP) de um crime de roubo, punível até oito anos de prisão, razão pela qual é julgado por um coletivo de juízes. O início do julgamento do jovem, que se encontra sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência, está agendado para as 09:30 de quarta-feira na 3.ª Vara Criminal de Lisboa, no Campus da Justiça.