Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

José Ramalho admite "distração" que o impediu de atacar o ouro

Lusa

  • 333

*** Serviço áudio e serviço vídeo disponíveis em www.lusa.pt

Copenhaga, 21 set (Lusa) - O canoísta José Ramalho lamentou hoje a "distração" que lhe custou o ataque ao inédito título mundial de maratonas, virando à água na quarta de sete voltas e terminando apenas em 11.º, em Copenhaga.

"Estava a fazer a prova que realmente estava a gostar, a meu belo prazer, mas o que é facto é que tive um momento de distração e um toque deitou tudo a perder. Virei. Batemos pagaia com pagaia e esta saltou-me da mão. Tentei segurá-la e foi um erro que paguei. Com ela debaixo do barco, acabei por virar", lamentou à Agência Lusa o vice-campeão da Europa e até hoje "vice" Mundial.