Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

José Manuel Constantino pede ao governo para valorizar resultados desportivos

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 abr (Lusa) - O novo presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP) desafiou hoje ao governo a concentrar a avaliação das organizações nos resultados desportivos e garantiu que não aproveitará o cargo para enviar recados.

"A cultura do Estado no modo como monitoriza os apoios que concede estrangula e complica", advertiu José Manuel Constantino, após a cerimónia de tomada de posse, num hotel de Lisboa, que contou com a presença do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, e do secretário de Estado do Desporto e Juventude, Alexandre Mestre, em representação do ministro Adjunto, Miguel Relvas.

Constantino aproveitou a sua primeira intervenção como presidente do COP para sublinhar que "as organizações desportivas não são empresas e as políticas desportivas não podem ser prejudicadas por procedimentos contabilísticos de quem prefere 'contas certinhas' a resultados desportivos".