Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jornalistas da RTP temem que fusão de editorias abra caminho para despedimentos

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 abr (Lusa) - Os jornalistas da RTP, que hoje se reuniram em plenário, demonstram "grandes reservas" quanto à "convergência de redações da rádio e da televisão", proposta pela administração, temendo que este "caminho organizacional" abra a "possibilidade de despedimentos futuros".

"A redação da RTP lamenta o facto de o Conselho de Administração ter avançado com medidas de alteração de funcionamento da informação sem ter auscultado a redação para melhor entendimento da experiência dos jornalistas", diz declaração resultante do plenário e a que a agência Lusa teve acesso.

Os jornalistas da RTP dizem também estar preocupados com o que dizem ser "a ausência de estudos prévios sobre esta convergência, com base na experiência de redações em outros países, que sustentem as vantagens da implementação desta medida".