Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jorge Sampaio considera que situação do país requer "muita calma e ponderação"

Lusa

  • 333

Coimbra, 18 dez (Lusa) - O ex-presidente da República Jorge Sampaio disse hoje, em Coimbra, que a atual situação do país requer "muita calma e ponderação", considerando que uma eventual instabilidade política seria uma experiência que "não se deseja".

Confrontado sobre os pedidos de demissão do Governo por parte dos partidos de esquerda, Jorge Sampaio não quis pronunciar-se, mas lembrou que viveu momentos de instabilidade quando era chefe de Estado, situação que não deseja para o país - "nomeadamente numa altura em que estamos um pouco cercados", disse.

"A Europa está cercada, os países do sul estão cercados e, por consequência, é preciso uma enorme serenidade, goste-se ou não se goste [do Governo]", frisou o antigo líder socialista, à entrada para a apresentação do livro da sua biografia em Coimbra.