Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jorge Coelho sai da Mota-Engil por "razões de ordem pessoal"

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 jan (Lusa) -- Jorge Coelho deixou hoje as funções de presidente da comissão executivo e vice-presidente do grupo Mota-Engil ao fim de cinco anos por "razões de ordem pessoal".

"Nestes cinco anos, dei tudo o que podia e sabia para o êxito do grupo Mota-Engil. Assumo que a um ritmo vertiginoso e cuja continuidade, para mim, exigiria uma energia que não é, humanamente renovável", disse Jorge Coelho numa nota enviada à Lusa.

Na mesma nota, Jorge Coelho considerou que "para o grupo Mota-Engil esta é uma mudança necessária, positiva e, para além do mais, natural", acrescentando que é "um passo normal da vida de todas as pessoas, das empresas e das instituições, dado em total consonância com os acionistas do grupo".