Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

John Kerry adverte contra cortes "insensatos" na diplomacia dos EUA

Lusa

  • 333

Charlottesville, Virgínia, 20 fev (Lusa) -- O chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry, advertiu hoje que a política externa dos Estados Unidos fica ameaçada pelos cortes "insensatos" que, sem um acordo no Congresso, entram em vigor a 01 de março.

Kerry pronunciou hoje o seu primeiro discurso como secretário de Estado, na Universidade da Virgínia, centrado na defesa do orçamento do Departamento de Estado, quando faltam dez dias para, na ausência de um acordo entre democratas e republicanos, entrarem em vigor cortes orçamentais automáticos.

Sublinhando que "enviar diplomatas hoje é muito mais barato que enviar tropas amanhã", Kerry frisou que "o maior desafio da política externa dos Estados Unidos não está hoje nas mãos dos diplomatas, mas dos membros do Congresso".