Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogadores do Arsenal de Sarandí libertados depois de confrontos com a polícia

Lusa

  • 333

Rio de Janeiro, 04 abr (Lusa) -- Oitos futebolistas do clube argentino Arsenal de Sarandí, detidos no Brasil por tumultos ocorridos depois da derrota frente ao Atlético Mineiro, por 5-2, em jogo da Taça Libertadores, foram hoje libertados depois de pagarem uma multa.

Os incidentes iniciaram-se no relvado do Estádio Independência, em Belo Horizonte, depois do final da partida, a contar para o Grupo 3 da Taça Libertadores, quando os jogadores do Arsenal entraram em confrontos com a polícia.

Segundo o jornal desportivo brasileiro Lance, o Arsenal teve que pagar uma multa de 30.000 reais (mais de 11.000 euros), quantia cedida pelo Atlético Mineiro depois de um acordo com o clube argentino, que deverá devolver esse dinheiro num prazo de dez dias.