Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Joaquim Evangelista reconhece época difícil quanto ao incumprimento salarial

Lusa

  • 333

Lisboa, 03 jun (Lusa) -- O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, reconheceu hoje que 2012/13 foi uma época difícil quanto ao incumprimento salarial, atribuindo o menor mediatismo dos casos a uma mudança na sua atitude.

"Foi um ano difícil, apesar de não haver mediatismo, na medida em que também assumi um papel responsável, em tentar resolver o problema e os jogadores acabaram por não ter uma posição pública notória. Mas a verdade é que a situação é grave e continua grave", afirmou Joaquim Evangelista.

À margem do 1.º Congresso da Associação Portuguesa de Direito Desportivo (APDD), que decorre hoje e terça-feira, na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, o líder sindical reconheceu que o Fundo de Garantia Salarial chegou a ser acionado, mas poderia ter sido utilizado noutros casos se os jogadores não se sentissem "constrangidos" a fazê-lo.