Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Joaquim Evangelista critica parcialidade do presidente da FIFA

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 out (Lusa) - O presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol acusou hoje o seu homólogo da FIFA, Joseph Blatter, de parcialidade, ao manifestar preferência pelo argentino Lionel Messi e simultaneamente criticar a "personalidade de Cristiano Ronaldo".

Numa "carta aberta" a Joseph Blatter, Joaquim Evangelista considera que "o presidente da FIFA deveria, salvo melhor opinião, adotar uma posição de plena neutralidade e imparcialidade" e assim "respeitar a pluralidade de opiniões que cada um possui".

Quanto à "crítica à personalidade de Cristiano Ronaldo", Evangelista sublinha que "o direito à diferença é um direito fundamental que deve ser proclamado pela FIFA".