Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

João Salgueiro desvaloriza declarações de Machete e diz que mercados "olham para a realidade do país"

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 nov (Lusa) - O ex-ministro das Finanças, João Salgueiro, desvalorizou hoje as declarações do ministro Rui Machete, que considerou uma taxa de juro inferior a 4,5% como o limite para um segundo resgate, afirmando que os mercados "olham para a realidade do país".

O ministro dos Negócios Estrangeiros disse, no domingo, que um segundo resgate seria "evitável" desde que as taxas de juro a 10 anos igualassem ou ficassem abaixo dos 4,5%, clarificando já hoje que este era um valor indicativo "para explicar o esforço a desenvolver".

"Os mercados olham para a realidade do país. Se os mercados tomarem a sério essas declarações é porque a realidade é má", afirmou João Salgueiro, à margem de um encontro sobre o Orçamento do Estado para 2014, que decorreu em Lisboa.